Política

Cresce no Brasil uma consciência política que traz o slogan ” Não quero Lula nem Bolsonaro “, ou seja, uma posição política mais racional e menos partidária . Essa busca é marcada mais uma vez, por manifestações do Movimento Brasil Livre, que mais uma vez voltará ás ruas no dia dia 12 de Setembro .

Carta aberta do Movimento Brasil Livre

Os movimentos MBL (Movimento Brasil livre), VPR (Vem pra Rua) e Livres, voltam às ruas indignados com as traições e a péssima gestão do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro (sem partido) .

Divulgação

Nós que já fomos às ruas contra descalbro do governo Dilma, agora não podemos ficar omissos diante deste desgoverno que atinge todas as classes sociais e tende a desmoralizar a democracia e a ordem jurídica.

A manisfestação está marcada para o dia 12/09/2021 nas príncipais capitais, e aqui em São Paulo acontecerá na Avenida Paulista, em frente ao Masp, às 14h, contando com diversas personalidades, dentre elas, o ex canditado a Presidencia João Amoedo, Deputado Estadual e Youtuber Arthur do Val, vulgo “Mamãe Falei”, Deputado Federal Kim Kataguiri, entre outros.

Não esqueçamos de quem foi Winston Churchill, maior símbolo da direita, aquele que jamais ajoelhou perante tiranias, combateu o nazismo para posteriormente combater um regime tão tirânico e sanguinolento quanto, o regime soviético.

Churchill é um exemplo a todos nós, que não desejamos que o Brasil recaia como nossos vizinhos caíram, Venezuela, Bolívia e em breve Argentina.

Não queremos estar nessa lista, então faça sua parte dia 12 de setembro.

 “Não existiu tarefa mais simples que um Rei poderia dar; lembrem-se de nós”, isso foi o que Dilios disse sobre o último pedido de seu rei Leônidas: “Lembrem-se de nós”.

Hoje nós temos que lembrar aqueles que morreram nessa pandemia, aqueles que se foram por negligência de um governo que prometeu liderar a nação para um caminha melhor, mas que nos levou às trevas.

Lembrem-se daqueles que morreram, para hoje você permanecer em pé e poder lutar por um novo dia.

Assim como Churchill e Leônidas, eles jamais se renderam, e você?

“Acreditamos que o Povo tem direito à liberdade que nenhum estado pode tirar. Que o governo é o servo do povo, não seu senhor.”

Margaret Thatcher

Pedro Arthur de Souza Lima

Estudante e militante do  Movimento Brasil Livre. Faz parte do  grupo Leões da Liberdade.

Pedro Arthur de Souza
Militante do Movimento Brasil Livre

O Movimento  Brasil Livre é um movimento político brasileiro que defende o liberalismo econômico e o republicanismo, ativo desde 2014. Surgiu dia 1 de novembro do mesmo ano, nas redes socias, com fins de defender os valores liberais e não aceitando  governos populistas, clientelistas e autoritários, aceitam os que tem a função de atender a prosperidade das pessoas. Em 2014 começou uma série de manifestação e diversos atos que eclodiu  em todo país  com intuíto de derrubar a terrível gestão Dilma, que no final  culminou com o impeachment da mesma.  Ao longo desses anos  elegeu diversos parlamentares que realizaram grandes  feitos e são muito influentes  dentro das “ casas” legislativas . Nas próximas eleição lançarão uma grande bancada federal que  defenderá os princípios de liberdade e de estado mínimo e terá um candidato ao governo paulistano o então deputado Arthur do Val, vulgo “ mamãe falei”. O movimento mergulhou em uma saga para derrubar o governo Bolsonarista que traiu todas as suas pautas e destruiu o nome da direita, por isso está promovendo uma volta às ruas agora contra outro inimigo do povo. Em seu manifesto, cita cinco objetivos: “imprensa livre e independente, liberdade econômica, separação de poderes, eleições livres e idôneas e fim de subsídios diretos e indiretos para ditaduras”.

2 comentários em “Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *