Coisas do Nordeste

Por JEFERSON  LAUANDE

Na coluna de hoje, duas curiosidades pelo Nordeste, uma é sobre música e entretenimento. Pela primeira vez, temos o mês de julho sem o Fortal. A famosa micareta foi suspensa por conta do Covid-19, mas terá apresentação especial neste fim de semana. Veja como! A outra notícia é sobre um paraíso localizado no Sul do Maranhão. Conheça as famosas cachoeiras do Poço Azul. Boa leitura !!

Tradicional folia de Julho sem Fortal ?

Divulgação

Uma das micaretas mais conhecidas do Brasil e principalmente na região
Nordeste que seria realizada neste fim de semana em Fortaleza (CE),
infelizmente deixará a sua tradicional folia momesca para o outro ano.

O Fortal, todos os anos recebe artistas como Bell Marques, Cláudia Leitte,
Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Léo Santana, Matheus & Kauan e outros nomes da música brasileira.
Em nota, a organização informou que “precisamos antes de tudo de confiança e otimismo. Nós que sempre estivemos ao seu lado, trazendo mais do que música, mas também sentimentos de amor e alegria, estamos aqui para falar de vocês e da nossa paixão que é o Fortal. Mas sabemos que agora não vaiser possível e a 29º edição foi adiada para 22 a 25 de julho de 2021”,comunicaram.

Mas o amor falou mais alto, a vontade e o desejo para reencontrar com o
folião foi maior, mesmo que seja on-line. Bell Marques, o único artista que
participa todos os dias da micareta realizará sua terceira live com
transmissão pelo YouTube neste sábado, 25 de julho, ao lado de Wesley
Safadão.
Os artistas celebram, em cima de dois trios elétricos, a história do
Fortal, em Fortaleza (CE), a partir das 19h. O cantor Léo Santana teve sua
participação confirmada na apresentação online

No repertório, Bell promete novos sucessos e clássicos da carreira, incluindo músicas que são praticamente hinos da festa, como Bem-Vindo Ao Mar, escrita em homenagem ao Bloco Siriguella, que o cantor comanda no evento há mais de 20 anos.Será possível acompanhar no canal do artista : www.youtube.com/bellmarquesoficial

Um destino paradisíaco no Sul do Maranhão

Divulgação

Que o Nordeste é incrível, isso já sabemos. Mas o que poucos sabem são os
lugares paradisíacos que o brasileiro pouco conhece.

Talvez por sua distância, mesmo assim, pode deixar qualquer passeio emocionante.

Na coluna de hoje, compartilhamos um lugar fantástico, Poço Azul, um dos
principais pontos turísticos que pertence ao Parque Nacional da Chapada das Mesas, uma unidade de conservação que abrange 160 046 hectares de Cerrado nos municípios de Carolina, Riachão, Estreito, no centro-sul do Maranhão. É uma região exuberante, que transmite com o barulho da água a tranquilidade do corpo.

Tem um peixe frito que é tradicional para acompanhar o passeio, uma
vegetação típica do cerrado, localizado exatamente no município de Riachão, a 130km de Carolina (MA) e 920 km de São Luís, Capital do Maranhão.

A área é recheada por diversas cachoeiras, piscinas naturais tão belas
quanto as famosas nos Lençóis Maranhenses. Aos apaixonados pelo ecoturismo, a experiência vai ser espetacular.

Fica dica!

Divulgação
 JEFERSON LAUANDE 
Jornalista com MBA em Jornalismo Empresarial e Assessoria de Imprensa . Especialista em Marketing Digital e Eventos Culturais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *